Mamoplastia Redutora

Mamoplastia Redutora

A mama guarda íntima relação com a sexualidade feminina. Quando uma mulher busca por uma mamoplastia é porque está insatisfeita com aparência de suas mamas em termos de volume, forma ou consistência.

Alterações nas mamas podem influenciar diretamente no comportamento, na autoestima, na vida sexual, afetiva e até profissional da mulher. Adequar o formato, o tamanho e o aspecto das mamas a um padrão estético é algo legítimo e que faz parte da busca íntima de qualquer mulher.

As mamas aumentadas de tamanho podem ser classificadas em hipertróficas ou, em casos extremos, com grandes volumes, chamamos de gigantomastia.

Geralmente, o aumento do volume está associado à ptose da mama (queda), que também é uma queixa frequente no nosso dia a dia.

Além do constrangimento estético, é comum o aumento mamário levar a dores cervicais e na coluna torácica.

Há três alterações básicas nas mamas:

– Alterações de tamanho: mamas grandes ou pequenas em relação à altura da mulher, à largura dos ombros ou às proporções do tórax.

– Flacidez e queda das mamas: devido ao emagrecimento, à gravidez, à amamentação, ou por características individuais.

– Alterações de formato: mamas alargadas ou com falta de projeção, espalhadas, assimétricas, aréolas grandes em relação às mamas e outros desvios visuais do padrão estético vigente.

A redução mamária é uma operação praticada desde os primórdios da cirurgia plástica, sendo consagrada no início dos anos 60, quando professor Pitanguy publicou sua técnica de redução de mama com a famosa cicatriz em T invertido.

Outras técnicas surgiram e hoje utilizamos uma associação destas técnicas com o intuito de obter melhores resultados e com menor risco de complicações.

Para a correção dessas alterações, dividiu-se a cirurgia das mamas em três tipos principais:

Mastoplastia (mamoplastia) redutora ou redução mamária.

Mastopexia (suspensão das mamas ptosadas (caídas)e flácida.

Mastoplastia de aumento (colocação de prótese mamária).

Mamoplastia redutora é a redução do volume mamário, por meio de cirurgia, quando esta se apresenta aumentada. Neste tipo de procedimento, são retirados os excessos de pele, tecido glandular e gordura.

As técnicas cirúrgicas, que determinam o tipo e o tamanho da cicatriz, variam em função do volume mamário e do grau de flacidez cutânea.

Dependendo da técnica empregada, pode-se obter cicatrizes em forma de “I“, “L“ e “T” invertido. Para mamas muito grandes e caídas, em geral utiliza-se a técnica em “T” invertido.

Quando as mamas são menores e caídas, podem ser adotadas as técnicas em “I” ou “L”, que deixam cicatrizes menores. Lembramos que a assimetria entre as mamas é totalmente normal, muitas vezes decorrentes da caixa torácica, coluna vertebral e do próprio formato da mama.

A avaliação física da paciente que irá se submeter à cirurgia redutora das mamas inclui: o biotipo da paciente (estatura, peso, medida do tórax), exame da pele mamária (elasticidade, estrias, flacidez), verificação do excesso de parênquima e palpação da mama.

Também sempre solicitamos exames de imagem (ultassonografia e mamografia), além de uma avaliação da saúde das mamas por um mastologista.

Geralmente para este tipo de cirurgia usamos anestesia geral. A duração da cirurgia é, em média, 3 horas.

 

Cuidados antes da cirurgia:

–           Não tomar mais nenhum medicamento, como aspirina, ginkgo biloba, fitoterápicos e derivados, ou anti-inflamatórios por pelo menos com 15 dias antes da cirurgia.

Manter medicamentos de uso diário caso seja diabético ou hipertenso e outras patologias. Informe ao médico.

–           Bebidas alcoólicas devem ser abolidas pelo menos 48 horas antes da cirurgia, principalmente vinhos.

–           Depilar 5 dias antes da cirurgia. NUNCA NA VÉSPERA.

–           Banho 2 dias antes da cirurgia, com sabonete antisséptico a critério da paciente (Soapex).

–           Providenciar exames pedidos pelo menos 20 dias antes da cirurgia.

–           Informar ao médico estado gripal ou outra patologia.

Cuidados no pós-operatório:

–           Levantar com ajuda ou deitar lateralmente, encolhendo as coxas e sustentar com os braços.

–           Usar sutiã cirúrgico sempre, e bem limpo, tirando somente para banho, por pelo menos 60 dias.

–           Não levantar os braços mais de 90º por 30 dias.

–           Dor discreta  no local  da cirurgia  pode ocorrer.

–           Evitar movimentos bruscos no tórax pelo menos 20 dias.

–           Evitar  peso nos braços até 60 dias .

–           Lavar sempre as mãos antes de tocar na mama.

–           Usar Micropore ou fita de silicone pelo menos por 60 dias.

–           Movimentar com cuidado principalmente ao nível da cintura.

–           Não levantar os braços até a cabeça quando deitar

–           *** Para aquelas que têm prisão de ventre, sugerimos usar laxantes, supositórios ou outros para ajudar na evacuação sem esforço, evitando sangramento da cirurgia.

–           Tomar os medicamentos receitados pelo médico.

–           Qualquer aparecimento de espinhas ou vermelhidão deve ser informado imediatamente ao médico.

–           Usar sempre roupa com abertura frontal até retirada total dos pontos.

–           A sensibilidade do complexo aréolo-mamilar dependerá da evolução de cada paciente e da técnica empregada que foi discutida com a paciente durante a consulta informativa.

–           A evolução da cicatriz dependerá das características da pele dos pacientes. Qualquer alteração de cicatriz deve ser comunicada imediatamente ao médico.

–           Massagem nas cicatrizes será instruída.

–           Evitar ganho de peso que poderá prejudicar a sua cirurgia e cicatrizes.

Levar exames pré-operatórios, sutiã cirúrgico, medicamentos de uso diário e medicamentos solicitados pela equipe médica no dia da internação.

O paciente deverá chegar para internação no horário marcado. O jejum deverá ser a partir das 22h do dia anterior, não podendo comer dietas sólida, pastosa e/ou líquida e nem ingerir água. Dieta zero.

Se você deseja mais informações sobre o procedimento de Mamoplastia Redutora no Rio de Janeiro entre em contato.